Aguarde...

Mieloma Múltiplo: o que é?

mieloma-1200x675.png

Mieloma Múltipo é um tipo de câncer que se inicia na medula óssea, mas que muitas vezes não apresenta sintomas.

Ele é considerado um tipo de câncer raro que atinge pessoas entre os 50 e 65 anos. Quando essas células defeituosas (plasmócitos) crescem dentro do osso, prejudicam tanto a produção normal das outras células sanguíneas como danificam a estrutura óssea, ao se expandirem para a parte sólida do osso.

Os plasmócitos são responsáveis pela produção de anticorpos que combatem vírus e bactérias. No mieloma múltiplo, os plasmócitos são anormais e se multiplicam rapidamente. Por isso, acaba comprometendo a produção das outras células do sangue.

Dessa forma o paciente fica sujeito a infecções e anemia. Este tipo de câncer pode comprometer outros órgãos e até mesmo gânglios linfáticos.

Sinais e sintomas

Muitas vezes os pacientes são assintomáticos, entretanto quando os sintomas aparecem podem ser considerados:

  • Cansaço extremo, fraqueza, palidez e perda de peso;
  • Mau funcionamento dos rins;
  • Dores ósseas (especialmente na coluna) e fraturas espontâneas;
  • Infecções constantes.

Além disso, quando as células do mieloma dissolvem o osso, cálcio é liberado, podendo aumentar o nível de cálcio no sangue (hipercalcemia). Esse aumento pode causar desidratação e até mesmo insuficiência renal. O aumento do cálcio também pode provocar constipação, perda de apetite, fraqueza, sonolência e confusão.

Outro fator importante é a fraqueza da coluna vertebral. Como o mieloma enfraquece as estruturas ósseas, ele pode causar lesões e fraturas na coluna, atingindo também os nervos espinhais. É importante procurar por ajuda médica, pois existe a possibilidade da paralisia permanente.

Quando o mieloma atinge as células normais produtoras de sangue, isso causa a falta de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e das plaquetas.

A redução dos glóbulos brancos diminui a resistência às infecções, os glóbulos vermelhos a anemia e as plaquetas muito baixas podem causar sangramentos.

Diagnóstico para o mieloma múltiplo

Muitas vezes também, o hemograma completo (exame de sangue) pode apresentar alterações, portanto o médico hematologista deve considerá-lo e investigar a fundo os sinais.

O médico também pode solicitar uma biópsia da medula óssea. Para a biópsia será retirado um fragmento do osso da bacia. O fragmento será analisado em laboratório, com a finalidade de quantificar os plasmócitos presentes. E indicar se as células são malignas ou benignas.

Também é possível que sejam solicitados exames como a radiografia óssea (raio-x), a tomografia computadorizada, o PET Scan e a ressonância magnética. Estes exames tem como objetivo verificar se existem alterações nos ossos, como também, se há presença de plasmocitomas.

Como tratar a doença

O mieloma é considerado um câncer raro e que será tratado de acordo com as condições clínicas do paciente. Entre elas temos:

  • Quimioterapia: a quimioterapia é o tratamento mais comum e utilizado atualmente com o objetivo de destruir, controlar ou inibir o crescimento. Sua administração é feita em ciclos e segue o tempo estipulado para cada paciente;
  • Imunomodeladores: os imunomodeladores são medicamentos que ajudam a cuidar da imunidade do corpo, combatendo vírus, fungos e bactérias;
  • Inibidores de proteassoma: São medicamentos importantes para o tratamento do mieloma múltiplo, pois são eficientes em atacar mais as células doentes e impactam menos as células sadias.

Entre outros tratamentos que o seu hematologista e oncologista podem indicar. Medicamentos para fortalecimento dos ossos, transplante de células tronco, imunoterapia entre outros.

A Santos Clinic pode te ajudar a realizar um tratamento seguro e com qualidade de vida. Nosso plano  Cardiotraining REHAB Onco é um programa desenvolvido para pacientes oncológicos, em todas as fases de acompanhamento (antes, durante ou após o tratamento do câncer).

O objetivo principal é alcançar uma melhor qualidade de vida, com diminuição dos sintomas relacionados a doença, e melhora dos exames laboratoriais iniciais.

Consiste em:

  • Avaliação com Hematologista e definição do risco cardiovascular para reabilitação;
  • Solicitação de exames laboratoriais;
  • Teste de esforço máximo- teste cardiopulmonar;
  •  Avaliação com educador físico;
  • Definição de limiares de treinamento e prescrição de exercício;
  • Treinamento físico 3x/sem por 3 meses;
  • Reavaliação médica após 3 meses com novo teste cardiopulmonar.

Agende sua avaliação!


Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios*


logotipo-santos-clinic

A Santos Clinic é uma clínica especializada em saúde e qualidade de vida. Temos como objetivo fornecer ao paciente não só o melhor atendimento com excelência, mas também integralidade no seu tratamento através da nossa unidade de exercício supervisionado, com foco em prevenção, reabilitação cardíaca, pulmonar, oncológica e nutricionista.

Últimos Artigos

Santos Clinic - Cardiologia em Santos. Todos os direitos reservados

-
Desenvolvido por:
Seek Web Marketing Digital