Aguarde...

Pilares da performance física

performance-1200x676.png

Sabemos o quanto a saúde é importante para uma melhor qualidade de vida, e os exercícios físicos estão dentro dessa necessidade.

E quantas vezes desistimos na primeira dificuldade? Este trabalho exige força de vontade e persistência.

Do leigo ao atleta, devemos cultivar três pilares essenciais para o desenvolvimento e aumento da performance.

Aquecimento, mobilidade e força.

Vamos entender juntos cada um deles.

Aquecimento

O aquecimento nos esportes individuais como o pedestrianismo ou até mesmo o ciclismo e  os coletivos como futebol, tem como intuito preparar o atleta fisicamente e mentalmente para o treinamento e/ou partida/competição.

Ou seja, elevar o estado de prontidão física e mental. Isso ajuda a  prevenir lesões e melhorar a performance.

O que as vezes as pessoas deixam de lado, é a importância desse aquecimento para o desenvolvimento em si do restante das atividades.

Devemos sempre priorizar um bom aquecimento. E existem alguns pontos fundamentais que devemos seguir.

No aquecimento, devemos elevar a temperatura, a frequência cardíaca, a respiração e fluxo sanguíneo. Isso indica ao corpo que logo irá iniciar uma atividade de alta intensidade.

Além disso, ele ajuda a ativar e mobilizar os principais grupos musculares e articulações acionadas na prática esportiva.

O aquecimento prepara os atletas para a parte principal do treino ou jogo, por meio de atividades que estimulem a intensidade que será proposta no momento seguinte e melhorando o desempenho utilizando os efeitos da potenciação pós ativação.

Para que o aquecimento seja bom, leve em consideração sempre o esporte que o atleta prática e a demanda imposta no mesmo, para que o atleta esteja preparado de fato para o momento principal.

Mobilidade

A mobilidade é uma requisito fundamental do movimento humano.

Mobilidade é a quantidade de movimentos disponível em uma ou mais articulações e a capacidade que ela pode proporcionar amplitude de movimento.

Precisamos ter uma quantidade mínima de mobilidade para realizar os movimentos do cotidiano e levando em consideração o atleta, que precisa realizar uma série de movimentos específicos com máxima eficiência sem compensações, o mobilidade articular nesse sentido é de extrema importância.

Dessa forma, quanto mais mobilidade maior desempenho e liberdade para realização dos movimentos o atleta terá.

Com baixa mobilidade articular – ou melhor chamando de hipomobilidade- podemos sofrer consequências, como a redução de performance e aumentar o potencial de lesão.

Quando treinamos a mobilidade, trazemos inúmeros benefícios. Entre eles está o aumento da amplitude de movimento e a manutenção da saúde das articulações, como tendões e ligamentos.

O atleta acaba possuindo maior liberdade  de movimento, isso auxilia na redução da rigidez articular e contribui para algumas disfunções.

Fortalecimento e performance

O fortalecimento muscular é de extrema importância, levando em consideração que ao correr, o atleta precisa de força para suportar a corrida e não atingir um estado de fadiga na musculatura muito precoce, automaticamente melhorando o rendimento esportivo.

O fortalecimento é importante não somente em esportes de alta intensidade, como corridas, mas também na musculação realizada por um leigo no assunto.

Esse fortalecimento, auxilia na prevenção de lesões. Além, de muitas vezes auxiliar em tratamentos articulares- como problemas no joelho, coluna e etc.

A prevenção de lesão é outro aspecto que o fortalecimento contribui, pois na corrida o gesto motor é continuamente repetido e ao se deparar com um obstáculo ou até mesmo por falta de atenção, pode ser exigida força de outras musculaturas para reorganizar o gesto e sem fortalecimento, pode ocorrer uma lesão.

Portanto, junto da musculatura fortalecida há um aumento de massa muscular e com isso o equilíbrio da composição corporal.

Quando falamos em atletas de performance, não há uma necessidade de gerar grande hipertrofia muscular, porque isso pode vir a comprometer o desempenho do atleta.

Por isso, quando feito um plano bem desenvolvido e com metas muito bem definidas o objetivo é alcançado de forma mais fácil.

Qual a relação da performance com a alimentação?

Além de todas essas vantagens, devemos trazer como uma grande aliada nesse processo a alimentação.

A definição de alimentos mais ou menos calóricos, quantidades, hidratação, quando bem definidos fazem toda diferença.

Priorize a avaliação nutricional aliado ao treinamento físico.

A avaliação e acompanhamento físico é de tamanha importância, porque quando um profissional está a frente de um plano personalizado para você, você possui a segurança de que esta em boas mãos para alcançar a alta performance.

Portanto, avalie a necessidade do acompanhamento físico e nutricional e invista na sua saúde. Ela vem em primeiro lugar.

Agende sua avaliação.

Acesse nossas Redes Sociais e fique por dentro das novidades e conteúdos.


Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios*


logotipo-santos-clinic

A Santos Clinic é uma clínica especializada em saúde e qualidade de vida. Temos como objetivo fornecer ao paciente não só o melhor atendimento com excelência, mas também integralidade no seu tratamento através da nossa unidade de exercício supervisionado, com foco em prevenção, reabilitação cardíaca, pulmonar, oncológica e nutricionista.

Santos Clinic - Cardiologia em Santos. Todos os direitos reservados

-
Desenvolvido por:
Seek Web Marketing Digital